O Brasil não é republiqueta

Não podemos continuar agindo como se o Brasil fosse uma republiqueta de bananas.

É assim que age o jornalista norte-americano Glenn Greenwald que, associado a um hacker, vazou criminosamente supostos trechos de conversas entre Sérgio Moro e Deltan Dallagnol e está fazendo sérias ameaças ao ministro da Justiça.

Glenn Greenwald afirmou que há mais materiais que comprovam a interferência direta do juiz Sergio Moro nos rumos da Lava Jato e, consequentemente, das últimas eleições.

O jornalista tem todo o direito de proteger sua fonte, mas ele deve ser responsabilizado por publicações editadas baseadas em  sua ideologia de esquerda.

Se ele tem em sua posse outros materiais obtidos de maneira ilícita, o Ministério Público pode denunciá-lo pelo crime de Associação Criminosa (Artigo 288 do Código Penal), por invasão cibernértica, juntamente com o hacker.

O Brasil não pode ficar à mercê de um ultraesquerdista que tem amizade com os corruptos que roubaram o país.


Rosalvo Reis

Rosalvo Reis

Editor do Portal Roteiro de Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *