Lula acusa o Vaticano

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, condenado pela Justiça Federal, virou uma “jararaca” ao saber que o Papa Francisco canonizou 30 novos santos brasileiros e não o incluiu na lista.

“Eu não entendo como a alma mais honesta do Brasil pode não estar na lista”, afirmou, abalado o ex-presidente.

Lula logo mudou seu discurso. Passou a afirmar que isso apenas confirma a perseguição que vem sofrendo de setores da mídia, do judiciário e, agora, do Vaticano.

Como, apesar de tantas denúncias contra Lula, ainda tem gente que acredita nele, o Vaticano prometeu contratar um veterinário para identificar o que motiva o rebanho.

Rosalvo Reis é editor do Portal Roteiro de Notícias