Pequena Gotham – o Batman em miniatura

A Panini Books lança no Brasil o livro “Batman: Pequena Gotham”, que reúne várias histórias do homem-morcego em uma versão mais infanto-juvenil, desenhadas por Dustin Nguyen e Derek Fridolfs.

Todos os personagens do universo de Batman fazem uma aparição nesta, que é uma espécie de edição comemorativa dos 75 anos do herói. Todos os vilões e até todos os Robins dão as caras em histórias pra lá de divertidas.

Com personagens com uma proporção anatômica reduzida e um estilo de colorização que remete à aquarela, a arte chama bastante a atenção.

Cada história deste encadernado consiste em uma curta investigação relacionada a cada uma das principais datas comemorativas do ano, representadas por cada um dos principais vilões de Gotham. Desta forma, temos o Pinguim promovendo uma revolta no Dia de Ação de Graças, o Senhor Gelo fazendo um sequestro de crianças em pleno Natal, ou o trio de “sereias” de Gotham fazendo arrastões noturnos em lojas de brinquedos em pleno Dia das Crianças.

Apesar do design de personagens divertido e caricato e da colorização alegre e juvenil, bem como da leveza e do humor das histórias, as mesmas são muito bem escritas, com enredos extremamente interessantes, explorando de maneira leve, mas não menos madura, a personalidade distorcida e ambígua dos vilões.

O que mais chama a atenção é a frequente intenção nobre dos vilões. Seja a reclamação do direito dos animais, por parte do Pinguim; a preservação das plantas, por parte da Hera Venenosa; ou a revolta contra o materialismo do Natal, no caso do Senhor Gelo; ou a estratégia espúria para capturar os bandidos de Gotham, por parte do Charada, a obra mostra um aspecto negativo da proposta revolucionária, quando a mesma não se ampara à submissão à ordem social. É aquela velha frase: “os fins não justificam os meios.”.

“Pequena Gotham” é uma obra única, voltada tanto aos fãs mirins de Batman quanto aos fãs adultos que queiram se divertir com um material um pouco mais despretensioso e divertido, mas nem por isso menos interessante. Para os fãs mais novatos, é uma maneira de conhecer também um pouco mais de tudo o que já foi estabelecido no cânone do herói.


Fábio Reis

Fábio Reis

Graduado em Design Industrial pela Ufam

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *