Projeto de Belarmino transforma Festa do Rodeio de Apuí em patrimônio cultural

Manaus (AM) – Projeto de lei de autoria do deputado Belarmino Lins (PP), em tramitação na Assembleia Legislativa, reconhece a Festa do Rodeio do município de Apuí como Patrimônio Cultural de Natureza Imaterial do Estado do Amazonas. “Acredito que o nosso projeto fará justiça a um dos mais importantes eventos culturais do nosso Estado e da própria região Norte do País”, diz o parlamentar.

Assentado em uma área de 54 239,904 km² e com uma população estimada em 21.583 habitantes, segundo números aferidos em 2018 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Apuí, localizado na região Sul do Estado do Amazonas, desponta como um dos municípios mais prósperos do Norte brasileiro.

A economia apuiense, de acordo com Belarmino, se destaca pelo grande potencial agropecuário, com um rebanho estimado em mais de 100 mil cabeças de gado, e a produção de oito mil sacas de café/ano. “O turismo pode se transformar, agora, em nova fonte de renda para o município a partir da inserção, no Calendário Turístico do Estado do Amazonas, da Festa do Rodeio, um evento tradicional há mais de 30 anos no Sul do Estado”, assegura o líder do PP na Aleam.

O rodeio do município, com as competições entre peões (Vaquejada, Tiro de Laço, Prova do Couro, Prova dos Três Tambores e outras), repleto de atrações musicais e exibindo sempre uma gastronomia bastante variada, mobiliza verdadeiras multidões de turistas procedentes das cidades circunvizinhas, situadas na região, e, mesmo, do Estado de Rondônia, que para ali acorrem no mês de setembro de cada ano para prestigiar a realização da EXPOAP (Exposição agropecuária de Apuí).

“Tenho certeza – destaca Belarmino – que a Festa do Rodeio, transformada em patrimônio cultural imaterial, não apenas valorizará a cultura caipira brasileira tradicional, mas, certamente, elevará ainda mais o Amazonas no cenário cultural e folclórico do País, seguindo o sucesso da Festa do Peão de Barretos, conhecida nacionalmente há 64 anos e hoje um dos maiores atrativos turísticos do Estado de São Paulo em nível internacional”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *