Platiny pede convocação imediata de governador e secretário

Manaus (AM) – O deputado estadual Platiny Soares (PSL) defendeu, nesta quinta-feira (15), a imediata convocação do governador Amazonino Mendes (PDT) e do vice-governador e secretário de Estado da Segurança Pública, Bosco Saraiva, para prestarem esclarecimentos à Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) sobre “a falta de diálogo com as categorias de servidores estaduais” e sobre “o silêncio diante dos expedientes encaminhados pelo Poder Legislativo ao governo”.

Na opinião do parlamentar, o poder fiscalizador da Aleam não pode ser ignorado. “O governo, da mesma forma que tem que respeitar as categorias, tem a obrigação de responder a esta Casa Legislativa que o fiscaliza”, discursou Soares, da tribuna, durante o Pequeno Expediente.

Platiny disse que, além de não responder a ninguém, o governo age com arrogância. “É essa soberba que está fazendo esse governo se tornar o governo das mobilizações de categorias, o governo das greves”, definiu o deputado. Ele criticou ainda a postura do secretário Bosco Saraiva de dizer em público que não existe greve na Segurança Pública. “A polícia não está na rua. A segurança está parada”, garantiu Soares, acrescentando que os servidores das áreas da Educação e Saúde também estão se mobilizando.

O líder do PSL lembrou que a Assembleia está sendo provocada para dirimir os conflitos, mas não existe discussão entre Executivo e servidores, pela ausência do governo às convocações da Aleam.