Médico da ‘Maus Caminhos’ é libertado pelo STJ

Livre, leve e solto. O médico Mouhamad Moustafa apontado como o líder de um grupo que desviou mais de R$ 270 milhões da Saúde do Amazonas foi libertado por decisão do ministro Nefi Cordeiro, do Superior Tribunal de Justiça (STJ). O médico foi preso pela Polícia Federal durante a Operação ‘Maus Caminhos’.

O magistrado argumentou em sua decisão que não há nenhum elemento que justifique a intenção de Moustafa de descumprir as medidas cautelares. Por isso, a prisão preventiva não seria necessária.

O Caso

Investigações da Polícia Federal constataram que o Instituto Novos Caminhos (INC) concentrava repasses vultosos feitos pelo Fundo Estadual de Saúde do Estado do Amazonas. De abril de 2014 a dezembro de 2015 foram repassados ao INC mais de R$ 276 milhões;

Em agosto de 2017, ele foi solto após pagamento de fiança. Em outubro, foi preso novamente ao ultrapassar perímetro determinado pela Justiça.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *